quinta-feira, abril 09, 2015

Sobre isto de ter um blog

(paula goddard)


Desafiada pelo Ricardo, as minhas respostas a perguntas sobre isto dos blogs.

1- O que te incentivou a ter um blog?

Um dia, estava em processo de escrever uma dissertação de mestrado, comecei a ler uma miúda que tinha um blog . Já lá vão seis anos. Achava-lhe graça, pela juventude, pela honestidade, pela ingenuidade. Desse, passei a outros, de géneros totalmente diversos, e gostei. Comecei um blog sem saber nada do meio. Escrevi no motor de busca "como criar um blog" e segui os passos. Durou sensivelmente 3 anos. A blogosfera é um lugar estranho, às vezes, e abandonei, a custo, o canto que me iniciou nestas coisas para (re)começar aqui, num registo bastante diferente.


2- Qual a importância do blogue para ti?

É um escape e, reconheço-o, um vício, já. 


3- Quais são os assuntos do teu blog?

Aqueles que me vão apetecendo. Publico poesia, dos outros e minha, pequenos textos sobre família, amizade, amor, ternura. tristeza. Cada post é acompanhado por uma pintura, desenho, escultura, fotografia que me pareça adequada e uma música. 


4- Como te sentiste, ao ler o primeiro comentário?

Gostei, obviamente. Não tenho a pretensão de escrever só para mim, até porque, para isso, teria um diário. Saber o que pensam sobre aquilo que vou "postando" é interessante, bem como a possibilidade de interagir com aqueles que têm a generosidade de deixar umas palavras.


5- Quantos comentários tens ao todo no momento?


6 531, contando com as minhas respostas, claro.


7- Qual a meta deste ano para o teu blog?

Não tenho qualquer meta. Ir escrevendo sempre que me apeteça, até quando me apeteça.


8- Até onde desejas chegar com o teu blog?

Até onde ele me levar. Há momentos em que acho que não tenho nada de jeito para dizer, reconheço. 
Porém, criam-se laços curiosos, em que a virtualidade não impede amizade, admiração, ternura, até. Nitidamente, existem "famílias" na blogosfera. Às vezes até sinto saudades de quem por aqui andou e deixou de vir.




23 comentários:

  1. :)

    Isso é que é um verdadeiro "striptease"...
    O Ricardo tem sorte... fizeste-o para ele...
    hehehe

    Beijos nus
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha maluca! 6 anos, amiga, não é? Muito tempo nesta família.

      Beijos. :)

      Eliminar
  2. Também te fiquei a conhecer melhor Maria, e comungo de muita coisa que disseste/dizes ! Excelente música !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como diz a nossa amiga comum, "despi-me". :)

      Beijos, Ricardo. :)

      Eliminar
    2. Esta é a versão original, do Leonard Cohen: https://www.youtube.com/watch?v=Uv5yj9i_BiQ

      Eliminar
  3. Querida Maria Eu,
    Que real. Gostei.
    Beijo,
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Totalmente real e verdadeiro, Ente. :)
      Obrigada.

      Beijos. :)

      Eliminar
  4. Gostei das respostas
    E isso de ir até onde teu blog te levar
    É uma estratégia
    Digna de louvar

    Acho que as palavras
    mandam mais em nós
    que nós mandamos nas palavras




    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada por fazeres parte da minha família.

      Beijo, Rogério. ;)

      Eliminar
  5. Sempre bom, chegar aqui e ouvir um cohen :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre bom, ver-te aqui. :)

      Beijo, Mr. Crawl.

      Eliminar
  6. ó Maria és uma ninfeta :-)
    eu tenho blogues há 15anos. 15 anos. nota bem.
    15 ANOS.
    mudo muito...
    este está no princípio. sabes porquê?
    de vez em quando tenho de mudar.
    particularidades....

    olha, a ideia que tenho de ti
    é que és mesmo uma "miuda" porreira
    o que gosto verdadeiramente é da musica.

    bom fim de semana amiga ninfeta :-;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah. Ninfeta é lindo!
      Ai só gostas da música!? Tá benhe.

      Eliminar
  7. esta a silly season dos blogues, aparecem os questionários...
    já respondi a dezenas deles há c'anos
    quando me apanhavam mal-disposto era terrivel, eu sei....

    ResponderEliminar
  8. Tenho sempre curiosidade em saber como foi a história "blogueira" das outras pessoas. Na vida real não conheço absolutamente ninguém que tenha um blogue, às vezes quase duvido que os blogues, como as bruxas, existam. Mas supondo que sim, gostei muito de saber a tua história, Maria. :-)
    Obrigada ao Ricardo por te ter feito contá-la.
    Mais beijos, os beijos não se esgotam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah! E já agora queria dizer que do que gosto mais é das palavras, sempre. Principalmente se forem as tuas, como já te disse umas oitocentas vezes. Logo a seguir vem a imagem que partilhas, foram raras as que não admirei. Quanto à música, nem sempre oiço. Preciso de estar no mood receptivo :-).
      Portanto, bastante em sintonia com o Tristan :-)

      Eliminar
    2. Foi assim mesmo. Tintim por tintim.

      Muitos beijos para ti também, que eu sou mulher de beijos e, já agora abraços, também, que são gostosos. :)

      Eliminar
    3. Também estou certa de que não me imaginarias uma ninfeta! Ahahahahhaha.

      E toma lá mais um beijo. :)

      Eliminar
  9. De cara tapada se veem passar aviões.
    A fotografia vale mil palavras.
    Parabéns, Maria, pela coragem e persistência. E talento! coisa que eu nem tento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Talento é assim...mais ou menos. Boa vontade, sim. :)

      Beijos e muito obrigada, Agostinho. :)

      Eliminar
  10. Vim dizer: presente!
    Não posso, nem devo, estar sempre ausente.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas tu és da minha família! :)))

      Beijos, Rui. :)

      Eliminar