terça-feira, março 17, 2015

Asas

(Zena Holloway)



Por vezes, queria ter asas. Outras, queria que nunca as tivesse tido.




24 comentários:

  1. Os nossos desejos e vontades variam tanto quanto aquilo que sentimos. :)
    Há que voar Maria :)
    beijos

    ResponderEliminar
  2. Os meios termos são difíceis de alcançar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SE calhar, nem os queremos. :)

      Beijos, S.o.l.

      Eliminar
  3. As minhas asas de hoje lá no meu lugar traziam trombetas. É bem sabido que as trombetas precisam de asas ao passo que as asas não precisam de trombetas para nada, como tu bem exemplificas.
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E bem giras que estão, as tuas asas! :)

      Beijos, Luís. :)

      Eliminar
  4. Para quem não sabe o rumo
    a asa só atrapalha

    Para quem errou no voo, sismo
    se não há que experimentar
    voar para outro destino

    ResponderEliminar
  5. Quando nada acontece, no céu, é melhor pelas planície andar.
    Belo post, imagem, texto e música.
    Mary

    ResponderEliminar
  6. Podera eu usar as minhas asas todos os dias... Seria imensamente feliz :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos que as esconder, não é, Maria? :)

      Beijo. :)

      Eliminar
  7. Tar asas é uma benção que não está ao alcance de qualquer um. Protege bem as tuas, e lembra-te que só a ti o direito de as abrir ou de as fechar, agora cortar, isso não.
    Beijo Maria:)

    ResponderEliminar
  8. * assiste o direito.
    Desculpa Maria, mas ando muito cansada e arredia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que o cansaço é algo que nos atinge por esta época. E não precisas emendar nem pedir desculpa. Percebi tudinho à primeira!

      Beijos, Sandra. :)

      Eliminar
  9. Era uma vez uma menina, não.
    Uma menina queria, não.
    Uma menina quer asas!

    Tivesse eu penas...
    enviava-as por express mail.
    As de águia são as melhores
    para aventuras nas alturas:
    planar... voar... sonhar

    Bj, Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Asas são sonhos voados.

      Beijos, Agostinho, e obrigada. :)

      Eliminar
  10. Asas fazem parte de um desejo, ou de uma realidade?

    ResponderEliminar
  11. Amo os passarinhos e invejo-os quando esvoaçam no ar...
    e essa imagem é maravilhosa! o som também!
    abraços maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apetece voar com eles, não apetece, Lis? :)

      Obrigada.

      Beijos. :)

      Eliminar
  12. Maria, sem sonhos é impossível voar alto! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Diria que não é possível de todo.

      Beijo, Legionário. :)

      Eliminar