sexta-feira, dezembro 19, 2014

Vermelho




Enquanto ouvia as palavras finais, desabotoou os primeiros botões da blusa, afastou o cabelo cuidadosamente para trás, deixando à mostra o pescoço alvo. Levantou o queixo, levemente trémulo, e aguardou o golpe certeiro que não tardou a atingir-lhe a jugular. O sangue jorrou, veloz, tingindo a roupa e escorrendo pelo chão. O movimento da faca apanhou-a com um sorriso levemente cínico nos lábios. Sempre gostara de vermelho.



12 comentários:

  1. Que palavras lhe ditaram o destino desafiante do vermelho, que pescoço era esse?
    Não é a faca que corta o vermelho é o vermelho que seduz a faca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que palavras, pergunto? Quem as proferiu? Qual o crime que levou à condenação? Mistério!

      Beijinhos, caro Agostinho! :)

      Eliminar
  2. Quando o sangue respira o ódio, não pode dissimular-se...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando o sangue afoga o grito...

      Beijinhos, Legionário, e bom fim de semana! :)

      Eliminar
  3. Naquele pescoço não lhe espetava a faca,
    porque não gosto de facas no pescoço
    e muito menos pelas costas...dava-lhe
    um beijo ou quiçá uma profunda e louca dentada,
    seu sangue em mim correria
    por todo o corpo eu sentiria
    o sabor daquela bela mas odiada amada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito romântico! ;)

      Beijinhos, Maria/Manel! :)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Vermelho, à mistura com o azul do céu, assim sou eu por dentro.

      Beijinhos, Rogério! :)

      Eliminar
  5. A violência pode vir ligada a uma qualquer cor...
    Violência doméstica está na ordem do dia...
    só que o sorriso cínico é demais para quem a sofre.
    Vermelho também significa calor e/ou libertação.
    Boas Festas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vermelho, dor, morte, paixão, vida.

      Beijinhos, Maria Silva, e Boas Festas! :)

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Exercício de escrita depois de ler um post sobre Inês de Castro. Não é razão para sustos! A foto é magnífica e a música também. Deixa lá o sangue do texto!

      Beijinhos Natalícios, vermelhos! :)

      Eliminar