sábado, junho 20, 2015

Silêncio


(Vilhelm Hammershøi, o pintor do silêncio)


"Il n'y a de terrible en nous et sur la terre et dans le ciel peut-être que ce qui n'a pas encore été dit. On ne sera tranquille que lorsque tout aura été dit, une bonne fois pour toutes, alors enfin on fera silence et on aura plus peur de se taire. Ça y sera." 

Celine, in "Voyage au bout de la nuit"




Dizer tudo o houver para ser dito e depois, finalmente, sermos capazes de desfrutar do silêncio.

12 comentários:

  1. Desfrutar o silêncio, ouvindo-o com muita serenidade?
    Bom fim de semana.
    beijinho,
    Mia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Silêncios eloquentes.

      Beijos, Mia, e um excelente fim-de-semana para ti, também. :)

      Eliminar
  2. Dizer tudo o que houver para ser dito pode ser altamente perigoso...

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas, por vezes, vale a pena o risco.

      Beijos, S. :)

      Eliminar
  3. Mas há tantas coisas que não são traduzíveis em palavras...

    Beijinho, Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é verdade, Miss Smile, mas também há palavras não ditas que inquinam qualquer relação.

      Beijos e bom fim-de-semana. :)

      Eliminar
  4. Há silêncios mais difíceis de suportar que muitas palavras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Certamente, há o reverso da medalha.

      Beijos, Benó, e obrigada pela visita. :)

      Eliminar
  5. É na profundeza do silêncio que se sentem as verdades circular dentro de nós, umas que entram outras que saem.
    Não é fácil lá chegar neste manicómio do ruído. E também é muito difícil aceitar e sarar as próprias feridas.
    Bj.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há silêncios absolutamente necessários.

      Beijos, Agostinho. :)

      Eliminar