sexta-feira, setembro 05, 2014

Insolúvel


"Não consigo pensar em nada. Não consigo entender como é que num mundo onde acontecem coisas que ainda me parecem maravilhosas, como alugar um carro num país e devolvê-lo noutro, tirar do congelador um peixe fresco que morreu há trinta dias ou pagar as contas sem sair de casa, não seja possível resolver um assunto tão trivial como uma pequena alteração na organização dos factos. Eu, simplesmente, não me conformo."

Samanta Schweblin, in Pássaros na Boca - Contos


(Masao Yamamoto)

Sabemos das viagens ao espaço, dos IPADs, dos IPODs, dos Androids, dos Iphones, da cura de doenças terríveis, das mãos biónicas, de tanta e tanta coisa... Mas no fundo, bem lá dentro do coração, sabemos também que há trivialidades insolúveis, como devolver a voz ao pássaro que deixou de cantar sem razão naquele ramo alto da figueira. 

21 comentários:

  1. Pois bem, o passado é insolúvel, o presente é provisório e o futuro é imprevisível.
    Portanto, hoje vale mais de que qualquer outro dia.

    Aproveite e desfrute-o Maria:))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu também, Legionário! Obrigada!

      Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Promessa de canto!

      Beijinhos Marianos, Rui! :)

      Eliminar
  3. Tudo se torna solúvel quando há alguma coisa que nos tira o pio, até que a saturação nos dá uma visão de insolubilidade...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cultive-se a esperança, "Maria"!

      Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar
  4. às vezes cantamos, só com a alma...
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, Tétisq! Mas também choramos...

      Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar
  5. Devolver a voz ao pássaro que deixou de cantar, passo por um tratamento invasivo à base de alegria com uma porção adequada de coragem.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. É uma bela solução, Lídia! :)

      Beijinhos Marianos!:)

      Eliminar
  7. Cartilha da ternura devolve a voz e dá vontade de cantar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ternura é sempre bom! :)

      Beijinhos Marianos, Til! :)

      Eliminar
  8. .

    .

    . estamos cronologicamente no sentido inverso . :) .

    .

    . e,,, a fotografia é um espanto.de.tanto . mesmo . terna.e.e.terna . mesmo .

    .

    . um bom fim de semana .

    .

    . beijos intemporais . :) .

    .

    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coincidências! :))

      Sim ,a foto é linda e terna. :)

      Beijinhos Marianos, Paulo, e um excelente fim de semana para ti! :)

      Eliminar
  9. "mais depressa chegamos a Marte que ao nosso semelhante"
    (ainda não consegui devolver a voz ao pássaro, mas não desisto)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca desisitir. Esse é o espírito!

      Beijinhos Marianos, Rogério, e boa festa! :)

      Eliminar
  10. Verdades incontestáveis. Sabemos de tanta coisa, e afinal, não sabemos do mais importante, como dar voz ao pássaro. Bom fim de semana, Maria! :)

    Kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos é que ir tentando...

      Beijinhos Marianos, Vénus! :)

      Eliminar