terça-feira, novembro 25, 2014

Destino 3


Se o caminho é demasiado longo, quando terminares de o percorrer é possível que tenhas esquecido o porquê de o teres feito.



14 comentários:

  1. Há quem diga que o destino não interessa assim tanto, interessa mais o caminho que se percorre, e a ser assim...

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes, sim, Ulisses!
      Que prazer ver-te aqui! A banda, tem tido muitos concertos?

      Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Nem sempre vagarosos, nem sempre com final feliz...

      Beijinhos Marianos, MA! :)

      Eliminar
  3. Se estivermos felizes no final do caminho, nada mais interessa :)

    ResponderEliminar
  4. Ainda por cima "demasiado", Maria... Uma boleia ajuda nestes casos, para isso existem os amigos. E, para o fazer, o caminho, é preciso preserverança e nunca, nunca perder o tino.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão! Os amigos são o melhor e talvez o único ombro para descansarmos no caminho.

      Beijinhos marianos, Agostinho! :)

      Eliminar
  5. Até nos caminhos curtos eu me esqueço, por vezes, dos porquês... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamo-nos perdendo nos atalhos, não é, Luísa?

      Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar
  6. A frase é bela e até parece certa
    A existência da persistência desmente-a

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre persistente.

      Beijinhos Marianos, Rogério! :)

      Eliminar
  7. A minha única preocupação é com quem vou fazer essa caminhada ! Podia ser com a Billie Holiday até...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão, Ricardo!

      Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar