sábado, janeiro 18, 2014

O perfume de Deus

Eros

The flowerlike          
animal perfume               
in the god’s curly           
hair —                            

don’t assume                    
that like a flower             
his attributes                   
are there to tempt            

you or                            
direct the moth’s          
hunger —                      
simply he is                  
the temple of himself,   

hair and hide                 
a sacrifice of blood and flowers
on his altar                     

if any worshipper         
kneel or not.                  


8 comentários:

  1. Um poema que flui como água fresca da fonte. Belíssimo.

    Boa noite, Maria :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito belo mesmo.

      Beijinhos Marianos, Xil! :)

      Eliminar
  2. Como sabes, (eu o disse) o tema amor deixou de me interessar como objecto de investigação
    O mesmo não acontece com a sedução
    De que este poema
    é peça de beleza estrema

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma enorme poetisa, a Denise Levertov!

      Beijinhos Marianos, Rogério! :)

      Eliminar
    2. :) Nem era preciso teres emendado! :)

      Eliminar
  3. Obrigada pela tradução.


    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só espero tê-la feito com suficiente sensibilidade.

      Beijinhos Marianos, São! :)

      Eliminar