quarta-feira, janeiro 15, 2014

Intangível

INTANGÍVEL
in·tan·gí·vel (in- + tangível) adjectivo de dois géneros 
Em que não se pode tocar. = IMPALPÁVEL, INTOCÁVEL 
(in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa)



                                  (Antonio Palmerini)


Intangível  

Quero-te como quero à abóbada nocturna,
Ó vazo de tristeza, ó grande taciturna!
E tanto mais te quero, ó minha bem amada,
Por te ver a fugir, mostrando-te empenhada
Em fazer aumentar, irónica, a distância

Que me separa a mim da celestial estância.
Bem a quero atingir, a abóbada estrelada,
Mas, se a julgo alcançar, vejo-a mais afastada!
Pois se eu adoro até - ferro monstro, acredita! -
O teu frio desdém, que te faz mais bonita!


Charles Baudelaire, in "As Flores do Mal"
Tradução de Delfim Guimarães


9 comentários:

  1. O futuro é invisível para os olhos e intangível para as mãos, e vê-se apenas através dum vidro, que é verde ou cor-de-rosa, segundo somos pessimistas ou optimistas.

    ResponderEliminar
  2. A intangibilidade deu azo a vários poemas de paixão desesperada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui!! Imensos!

      Beijinhos Marianos, Ricardo! :)

      Eliminar
  3. Poema bem tangível
    Queres prova?
    Devorei-o, lendo-o alto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) É belíssimo, de facto!

      Beijinhos Marianos, Rogério! :)

      Eliminar
  4. Nem duas linhas paralelas

    são inantigíveis

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Huuummmm... Será?


      Beijinhos Marianos, MA! :)

      Eliminar