sábado, janeiro 25, 2014

Amor, sinónimo de entrega

Define amor. Amor é sinónimo de entrega. 
 
 (Anyes Galleani)

"E só então (...) nos entregávamos, deliciados, ao amor exigente, inesgotável de Diana, coberta de bálsamos mas pedindo para ser usada, usa-me, dizia, quero ser usada por ti; teria eu o sentido apurado dos limites para não passar do uso ao abuso? Ela impedia-me de o saber. Nunca conhecera mulher mais exigente mas também com mais completa entrega, recoberta de unguentos etéreos, perfumados, saborosos, sem os quais, Diana, eu já não saberia viver. O amor é não fazer outra coisa. O amor é esquecer esposos, pais, filhos, amigos, inimigos. O amor é eliminar todos os cálculos, todas as preocupações, toda a avaliação dos prós e dos contras. (...) 
Fodia incessantemente. 
- Um dia - ria-se de bom humor - estarei em estado de subjectividade total. Isto é, morta. Ama-me agora. 
- Ou entretanto..." 

Carlos Fuentes, in Diana ou a Caçadora Solitária



12 comentários:

  1. O amor é tão abrangente que dificilmente se define. É, de facto, uma entrega constante, Maria. :)

    Kiss
    Vénus S.

    ResponderEliminar
  2. A eterna confusão, desde a cabeça até à tesão. Amor é tudo menos entrega, pois quem se dá deixa de poder receber... Amor se é um dar constante é um, também, receber com a mesma frequência e intensidade. Desisti de definir amor... é que "na prática, a teoria é outra"...

    Carlos Fuentes escreveu um excelente texto sobre a paixão...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não há paixão no amor? :) Não se recebe quando nos entregamos?

      Beijinhos Marianos, Rogério! :)

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Tantos e tão diferentes...

      Beijinhos Marianos, MA! :)

      Eliminar
  4. o amor não se define, sente-se...por vezes, doi como o caraças, a impossibilidade de amar, amando.
    foder-se eternamente.
    Carlos Fuentes, amo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bom, não é, Carlos Fuentes?

      Beijinhos Marianos, Perfect Stranger! :)

      Eliminar
  5. Amor não se pode confundir com paixão.

    E amor é um caleidoscópio ...

    Bons sonhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez... mas eu acredito no amor-paixão. :)

      Beijinhos Marianos, São! :)

      Eliminar
  6. Amor não se define. Mas pode ser sinónimo de entrega, sim (ou de fuga, ou de deixar fugir). Pode ser tanta coisa...

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser uma miríade de coisas mas, se não houver entrega, duvido que seja amor.

      Beijinhos Marianos, je suis...noir! :)

      Eliminar