quinta-feira, janeiro 23, 2014

Jogamos?

(© Svetlana Bekyarova)

Levou-lhe malmequeres brancos. Sabia que gostava do jogo... Mal me quer, bem me quer, mal me quer, bem me quer. Faziam-no juntos e riam-se da disparidade do resultado, a cada flor.

15 comentários:

  1. às vezes o amor...

    sai-nos na pétala de uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta canção do Sérigio Godinho é linda, não é?

      Beijinhos Marianos, Rogério! :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Como tudo na vida...

      Beijinhos Marianos, Tétisq! :)

      Eliminar
  3. Desde que não experimentassem jogar com os espinhos da Rosa...
    Se bem que... ;)

    Beijinho Maria!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depende, pois...


      Beijinhos Marianos, Eros! :)

      Eliminar
  4. Mal me quer a solidão
    Bem me quer a tempestade
    Mal me quer a ilusão
    Bem me quer a liberdade
    Mal me quer a voz vazia
    Bem me quer o corpo quente
    Mal me quer a alma fria
    Bem me quer o sol nascente
    Mal me quer a casa escura
    Bem me quer o céu aberto
    Bem me quer o mar incerto
    Mal me quer a terra impura
    Mal me quer a solidão
    Entre o fogo e a madrugada
    Mal me quer ou bem me quer
    Muito, pouco, tudo ou nada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há fados assim...

      Beijinhos Marianos, Legionário! :)

      Eliminar
  5. :)

    E fizeram alguma espécie de estatístistica?

    :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que acabaram a rebolar nas pétalas! ;)

      Beijinhos Marianos, VDT! :)

      Eliminar
  6. Com uma condição, na próxima escolho eu a canção.
    "Com um brilhozinho nos olhos", pode ser?
    :)

    ResponderEliminar
  7. O importante é que se riam juntos:)

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim! :)

      Beijinhos Marianos, je suis...noir! :)

      Eliminar