terça-feira, agosto 18, 2015

Estranheza



Eram-lhe estranhas as lágrimas que sulcavam o rosto fechado. Nada sabia do desgosto. E, porém, o sorriso que costumava habitar-lhe os lábios desaparecera e empapava-se-lhe o vestido de tantas as gotas de água que lhe brotavam dos olhos. 


18 comentários:

  1. Parece estranho mas o facto é que os vestidos acabam sempre por secar. :)

    ResponderEliminar
  2. São dias de gotas nos olhos, como estes dias de chuva que assolam Agosto e turvam os dias... o bom tempo vai regressar em breve e o sol vai voltar a brilhar. Brilha sempre não é ?

    Felizes dias cheios de sol...Maria Tu.

    Beijinhooooo*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem que haver lágrimas para se apreciarem os sorrisos. :))))

      Beijocas, enfermeirinha. :)

      Eliminar
  3. Esperemos que o sorriso tenha voltado a habitar-lhe o rosto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que voltou! :)

      Boa noite, Urso Misha. :)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Duma assentada que eu pago já...

      Boa noite, Puma. :)

      Eliminar
  5. Que o sorriso nos habite com momentos felizes!
    Beijinho Maria.:)

    ResponderEliminar
  6. Mudaste de vestido! O teu blogue está bonito, Maria.
    O desgosto pode chegar de repente ou parecer que assim é.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre gostei de zínias e são flores bem de Verão. Não tiro grandes fotos, só com o telemóvel, mas esta ficou salpicada de alegria. :)

      Beijos, Isabel. :)

      Eliminar
  7. De tão estranhas logo secaram e deram lugar a um sorriso rasgado e o vestido secou. :) Bejinho Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Certamente que foi assim, GM! :)

      Beijocas. :)

      Eliminar
  8. Água, quase tudo
    com pedacinho
    de cloreto de sódio
    lá no fundo

    Chorar é uma coisa natural, (quimicamente falando)
    e a vida um laboratório sem grandes tubos de ensaio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gedeão, sempre terno. :)

      Verdade! Às vezes até sabe bem, chorar.

      Beijinhos, Rogério. :)

      Eliminar
  9. Lágrimas abençoadas? De baixo da laranjeira surgiu, por encanto, um mar de flores, nascidas de dores-amores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem sabe foram as lágrimas que regaram o solo e fizeram germinar as flores? :))

      Beijos, Agostinho. :)

      Eliminar