segunda-feira, outubro 12, 2015

Olhar

(Gustav Klimt)


O que têm os teus olhos 
que os meus se não querem deles estranhar?


20 comentários:

  1. Não será pela cor, pois são castanhos banais
    Talvez...
    Talvez que seja aquele brilhinho
    de quem tem olhos para ver
    (vá se lá saber?...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O brilho é que é fatal, Rogério! :)

      Beijinhos. :)

      Eliminar
  2. Há olhos e olhares que nos enfeitiçam.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  3. Não será "desentranhar", Maria?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É "estranhar, mesmo. Se bem que também há olh(os)ares que desentranham. :)

      Boa noite, Anónimo(a).

      Eliminar
  4. Há olhos que são janelas para um mundo cheio de cores :)
    Beijos Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apetece mergulhar nesse arco-íris!

      Beijos, I. :)

      Eliminar
  5. São lagos frescos, profundos, de azul intenso onde mergulhar seria uma aventura sem fim à vista na descoberta incessante de tantos mistérios diluídos :)

    ResponderEliminar
  6. Lembro-me de uma vez de ter sonhado que estava cega e, por mais estranho que pareça, não senti nenhum terror, nem estava inconformada com o desígnio terrível. Apenas lhe disse: 'vou conhecer-te através do toque'. Claro que depois acordei e fiquei perplexa mediante um comportamento tão calmo. Quero eu dizer que todos os sentidos desnudam a alma, a nossa e a da pessoa amada.

    Um beijinho, Maria :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há olhos na ponta dos dedos dos amantes.

      Beijos, Castiel. :)

      Eliminar
  7. Quando um olhar é profundo
    E mexe com a imaginação
    Cai em nós muito fundo
    Fazendo morada no coração
    .
    Deixo cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mexem connosco, os olhares...

      Beijinhos, Nuno. :)

      Eliminar
  8. Que horizonte d' aquém e d'além mar define a conjugação dos remos ?
    Que (a)mar há por revelar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há sempre algo por revelar num olhar que nos atrai.

      Eliminar
  9. Ficou por revelar o que gosto de olhar o olhar fixado do Klimt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É fantástico, não é?

      Beijinhos, Agostinho. :)

      Eliminar
  10. No teu olhar me perco
    No teu olhar me encontro
    De todos eu me cerco
    mas é com teus olhos que me assombro

    Beijinho Maria :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os encontros e desencontros de olhares sempre fizeram correr tinta.

      Beijos, GM. :)

      Eliminar