domingo, dezembro 22, 2013

La Grande Belleza

Jep Gambardella, 65 anos, escritor e jornalista, à procura da grande beleza para escrever de novo, numa Roma decadente, onde pululam todos os estereótipos humanos.

 

"-Amanhã vou fazer desaparecer a girafa!"

"-Então faz-me desaparecer a mim!"

"-Eu não faço desaparecer pessoas, Jep, é um truque!"

12 comentários:

  1. Sem truque, eu fiz aparecer pessoas
    Parecem-me todas boas.
    Apenas receio que mudem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vi o filme e retirei este pequenino diálogo porque me pareceu interessante. Ainda bem que fazes aparecer pessoas boas, Rogério!

      Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar

  2. Roma é sempre mágica...
    Magia fez esta música e esta voz que se apoderou dos meus sentidos.
    Já estive a ver alguns vídeos sobre o filme... e posso dizer que me cativou.

    Há um truque que temos ambas de fazer... e tu bem sabes qual é.
    Beijos... sem nada na manga
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um filme melancólico, que se começa por estranhar mas acaba por se entranhar!
      A música é fabulosa!

      Beijinhos Marianos, Afroditezinha! :9

      Eliminar
  3. Respostas
    1. É, não é, Ricardo?

      Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar
  4. Senhoras da aristocracia, novos-ricos, políticos, criminosos de alto nível, jornalistas, actores, nobres decadentes, prelados, artistas e intelectuais – verdadeiros ou presumidos – tecem a trama de relações inconsistentes, todos engolidos por uma Babilónia desesperada que se agita nos palácios antigos, nas imensas vivendas, nas mais belas esplanadas da cidade. Encontram-se todos lá. E não mostram o melhor de si. Jep Gambardella, 65 anos, escritor e jornalista, indolente e desencantado, os olhos perpetuamente embebidos de gin tonic, assiste a esse desfile de uma humanidade oca e derrotada, poderosa e deprimente. Uma fraqueza moral vertiginosa. E, no fundo, Roma, o verão. Esplêndida e indiferente. Como uma Deusa morta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só vendo.

      Beijinhos Marianos, Legionário! :)

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Acho que o Berlusconi contribui para uma maior decadência... ;)

      Beijinhos Marianos, Observador! :)

      Eliminar
  6. Por vezes a realidade
    ultrapassa a ficção

    Tudo pelo melhor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quantas vezes...

      Obrigada! Para ti também, MA! :)

      Eliminar