terça-feira, fevereiro 09, 2016

Definição de poesia

(Martin Borges, daqui)



Poesia é quando o teu nome 
se faz voz na minha boca.
É quando ao meu lado 
te deitas nu de todas as defesas.

Poesia somos nós, eu e tu, 
amando-nos nas horas rubras.



34 comentários:

  1. Li, que há uma espécie de tédio
    que se diz ser um tédio bom
    ocorre quando o ócio
    nos empurra para o criativo
    para o poema

    que seja

    mas não há tédio que explique o aqui lido
    não apenas porque é lindo
    mas, sobretudo,
    porque não é produto de ócio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelas tuas sempre carinhosas palavras, Rogério!

      Beijinhos :)

      Eliminar
  2. Que bonito!
    Isto é poesia mesmo sem a tua voz ter dito o nome, como aqui.
    Beijinhos, Maria. :-)

    ResponderEliminar
  3. "L'amour est un oiseau rebelle"
    beijos Tutu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Très rebelle, Monsieur des tempètes!

      Bisous :)

      Eliminar
  4. Ainda há poucos dias trocara opiniões sobre a fronteira entre a prosa e a poesia...
    Beijo, Maria.

    ResponderEliminar
  5. ~~~
    Lindo,
    este poema sensual!

    Também é, mas nem só...

    O ser humano
    precisa de vários níveis de poesia...

    Neste caso,
    é na pluralidade que se encontra a harmonia...

    ~~~ Beijinhos, ME.~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que é muito mais mas lá que o amor é poesia, isso é! :)

      Beijos, Majo :)

      Eliminar
  6. Um dia disse
    poesia é sufocar um pássaro nas mãos
    e desenhar no chão a dor que sentimos

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bonito, MA! Essa é a poesia dolorida.

      Beijinhos :)

      Eliminar
  7. Poesia é o que fazes com as palavras :)
    Um beijo

    ResponderEliminar
  8. Tutu:

    Ao que parece por aqui também anda animado :)

    Quente o teu poema!

    Beijoquinha Tutu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou animada, ainda não sabias? ;)

      Beijocas, Snowy :)

      Eliminar
  9. A consciência das palavras leva à consciência de si: a conhecer-se e a reconhecer-se.;)

    Bela poesia Maria!:)

    ResponderEliminar
  10. O amor pode ser poesia, mas a poesia, porque se dirige à imaginação, à inteligência e ao coração, toma o homem e o mundo por todos os lados.

    Um beijinho Maria :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O amor é tanta coisa, Miss Smile! Pudesse o mundo ser tomado por ele!

      Beijos :)

      Eliminar
  11. Cheguei tarde mas
    a tempo de te dizer
    sem te conhecer
    poeta tu dás paz
    - nú sem defesas

    Bj.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grata pelas tuas sempre encorajadoras palavras, Agostinho.

      Beijinhos :)

      Eliminar