sexta-feira, abril 11, 2014

Ficar

 (Brian Martin)

Acabara de sair e hesitava, ainda... Voltou-se mais uma vez para trás, para a sala onde as velas começavam a apagar-se e as sombras dançavam com a luz fraca dos pavios quase extintos. Ficou ali, parada, sentindo o coração pulsar em tropel, sem conseguir partir.Sabia que, do outro lado da porta, ele podia calcular a sua indecisão. Sabia, ainda, que ele não se moveria. Ainda assim, ficou.

12 comentários:

  1. No acto de ficar reside a esperança :)
    Beijinhos Maria :)

    ResponderEliminar
  2. Ficar pode ser bom...desde que não se fiquemos ausentes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quantas vezes ficamos, estando ausentes...

      Beijinhos Marianos, Maria! :)

      Eliminar
  3. Ficar ou não ficar... eis a questão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ei-la...

      Beijinhos Marianos, Legionário! :)

      Eliminar
  4. Por vezes, alguém tem de ficar, para dois existirem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Outro dia ouvi alguém dizer que há sempre um que ama mais do que o outro e que, ao longo de uma relação, o que ama mais pode começar a ser o que ama menos e vice-versa... Será?

      Beijinhos Marianos, miúdo! :)

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Visto dessa forma...

      Beijinhos Marianos, Puma! :)

      Eliminar
  6. Ás vezes basta ficar para o amor permanecer. :)

    Kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, basta. :)

      Beijinhos Marianos, Vénus! :)

      Eliminar