quarta-feira, maio 14, 2014

Pássaro

Havia nela uma estranha leveza no andar, um desenho a pastel em cada gesto, a sombra de umas asas a aflorar-lhe os ombros.

18 comentários:

  1. Havia vida e a vontade de descobrir mais :)

    Relaxante a partilha musical :)

    Beijinho Maria :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre à procura... :)

      Reparaste nas fotos?

      Beijinhos Marianos, VdT! :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Absolutamente! :)

      Beijinhos Marianos, Legionário! Boa praia! :)

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Ninguém nos corta as asas do pensamento...

      Beijinhos Marianos, Rogério! (A tua cara, foi onde?)

      Eliminar
    2. Cara, tenho sempre.
      Isto, aqui visto, é um meu perfil adoptado.
      Sou Sólon.
      E até me sinto um pouco incomodado porque não saiba o porquê

      Eliminar
    3. Sendo Sólon, já entendo. Que mantenhamos a Democracia viva, Rogério!
      Bom Sábado! :)

      Eliminar
  4. Havia nela a simplicidade e a leveza da alma. :)
    A música é linda :)
    Beijinhos Maria :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma alma "limpa"! :)
      E as fotos, hein? :)

      Beijinhos Marianos, I! :)

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Que sabe? ;)

      Beijinhos Marianos, Lídia! :)

      Eliminar
  6. Loneliness ..
    When more I know the men, I like more the animals!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sometimes, we need that loneliness...

      Beijinhos Marianos, "Maria"! :)

      Eliminar
  7. A leveza ao andar é peculiar dos pés poéticos! Linda canção!
    http://ives-minhasideias.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pés poéticos parece-me uma bela expressão! :)

      Benvindo, Ives! Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar
  8. Respostas
    1. As fotos de Noell S. Oszvald ou a música de Dustin O'Halloran? :)

      Obrigada pela visita, JN. Beijinhos Marianos!

      Eliminar