domingo, maio 11, 2014

A doce espera

(Almada Negreiros - Colombina e Pierrot)
2.     A SÉSTA
Pierrot escondido por entre o amarello dos gyrassois espreita em cautela o somno d'ella dormindo na sombra da tangerineira. E ella não dorme, espreita tambem de olhos descidos, mentindo o sôno, as vestes brancas do Pierrot gatinhando silencios por entre o amarelo dos gyrassois. E porque Elle se vem chegando perto, Ella mente ainda mais o sôno a mal-resonar.
Junto d'Ella, não teve mão em si e foi descer-lhe um beijo mudo na negra meia aberta arejando o pé pequenino. Depois os joelhos redondos e lizos, e já se debruçava por sobre os joelhos, a beijar-lhe o ventre descomposto, quando Ella acordou cançada de tanto sôno fingir.
E Elle ameaça fugida, e Ella furta-lhe a fuga nos braços nús estendidos.
E Ella, magoada dos remorsos de Pierrot, acaricia-lhe a fronte num grande perdão. E, feitas as pazes, ficou combinado que Ella dormisse outra vez.
Almada Negreiros,  in 'Frisos - Revista Orpheu nº1'

Até quando, o doce engano? Até quando, o dormir de olhos semicerrados, na espera do beijo que sabe será certo?

8 comentários:

  1. Dormir dessa forma não permite descanso, nem ao corpo, nem à alma... :)))
    Um beijinho Maria :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um doce engano...

      Beijinhos Marianos, I! :)

      Eliminar
  2. Quem espera sempre alcança...
    Um beijo, uma carícia, um amasso!
    Nos olhos semicerrados a esperança,
    Já que amar não dá cansaço!

    Na vida, todos nos iludimos
    Com nosso olhar entreaberto!
    Disfarçamos que dormimos
    mas...o sonho, é ver oásis no deserto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dormir mas sempre alerta para os beijos desejados...

      Beijinhos Marianos, ""Maria"! :)

      Eliminar
  3. De Souza Cardoso vi uma óptima Exposição ne Gulbenkian, mas nunca consegui visitar o su Museu em Amarante.

    Almada não é dos meus artistas preferidos, mas gosto deste texto.

    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era de uma subtileza incrível e, ao mesmo tempo, muito crítico e irónico.

      Beijinhos Marianos, São, e uma boa semana para ti também! :)

      Eliminar
  4. Uma espera que vale a pena... penso eu de que.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma espera "comprometida".

      Beijinhos Marianos, S*zinha! :)

      Eliminar