domingo, março 23, 2014

Fabrico (im)perfeito

(Edward Hopper)

Primeiro, o fazedor esculpiu-a a ela. Imperfeita mas agradável à vista, pele muito clara, face ovalada, com o queixo levemente levantado e um olhar doce mas altivo. Preparou-a para ser conciliadora e paciente mas deu-lhe um coração selvagem que, se provocado, a faria navegar em vagas alterosas apenas aplacáveis com ternura. Tinha no peito a nortada que agitava as praias que aprendeu a amar.
Depois, foi a vez dele. Deu-lhe feições angulosas, bem masculinas, e a pele, como espirrou durante o fabrico, polvilhou-se de pequenas manchas castanhas. Sério, mas com um sorriso a iluminar-lhe o rosto se tocado pelo amor, tinha o dom de reflectir antes de agir e uma particular calma perante águas agitadas. Tinha no peito o grito das gaivotas e o rumor do mar.
O fazedor sentou-os um ao lado do outro mas, enquanto se ocupava no fabrico de outras criaturas, ela saiu por uma porta, enquanto ele resolveu saltar por uma janela.


16 comentários:

  1. Pares (im) perfeitos... Podem andar a deriva uma vida inteira ou perderem-se um no outro:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podem. Sem dúvida!

      Beijinhos Marianos, I! :)

      Eliminar
  2. Que lindo o teu texto!!! Está carregado de verão e de vida! E o quadro foi pintado para ele, verdade? :-)
    Adorei, Maria.
    Beijinhos, boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Susana! Foi escrito com o coração. :)

      Beijinhos Marianos, e boa semana! :)

      Eliminar
  3. "Like" no texto!! :D

    Beijo grande na autora*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miúdo, tu és um bajulador, pá!

      Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar
    2. No dia em que me apanhares a bajular gratuitamente, autorizo-te a baixares-me as calças e dares-me 2 acoites!!

      ...mas não te entusiasmes com a ideia, sim!!? :pppppppppp

      Eliminar
    3. Olha que sou "melher" para isso! E de correia! ;)

      Eliminar
  4. O fazedor omnipresente, omnisciente, é um mito, portanto -- nem Ele consegue estar a olhar por todas as criaturas, todo o tempo.

    Boa noite, Maria :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O fazedor tem fraquezas... Quem sabe consegue que aqueles dois se encontrem, algures no futuro?

      Beijinhos Marianos, Xil! Boa semana! :)

      Eliminar
  5. Magnífica combinação de elementos, imagem, texto e imagem.

    ResponderEliminar
  6. Está provado

    não há fazedores perfeitos
    isso agrada-me

    Bela janela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há perfeição.

      Uma janela para o mar.

      Beijinhos Marianos, MA! :)

      Eliminar
  7. Se há perfeições entre pares ou não nunca saberemos. As diferenças são tantas quantas as escolhas dos caminhos que escolhemos. Quanto ao teu texto digamos que está perfeito. :)

    Kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não acredito na perfeição. :)
      Obrigada, Vénus!

      Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar