quarta-feira, fevereiro 05, 2014

Frio

(Erin Whitman)

"- Está frio, hoje." Disse, aconchegando-se nos seus braços
"- Não mais do que amanhã." Respondeu-lhe, com voz distante.
"- Queres dizer, não mais do que ontem." Ripostou, abraçando-se-lhe com mais força.
"- Não! Quero mesmo dizer do que amanhã!" Retorquiu, desfazendo o abraço.

22 comentários:

  1. O frio percorre os recantos esquecidos em busca de companhia, mas o espectro que surge no teu lugar não demonstra ter consciência da solidão que se propaga lentamente nas sombras do Inverno perene que me consome.

    Os trinados melódicos das aves emudeceram sob o manto nevado do crepúsculo, as flores jazem desprovidas de cor e de alma em compartimentos poeirentos de abandono, as árvores despidas vislumbram-se nas áleas brancas a perder de vista, enquanto o tempo escoa lentamente através das nuvens que salpicam o firmamento outrora estrelado.


    Tique-taque Tique-taque Tique-taque


    O abraço gelado da tua ausência, envolve-me.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O frio é mais agudo e acutilante do que o calor.

      Beijinhos Marianos, Legionário! :)

      Eliminar
  2. Dá Deus o frio conforme a roupa
    Dá-o fraco, se é muita
    Dá-o forte, se é pouca

    Vale, independente do estado, um bom abraço
    ou um afago

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Retribuo o calor contido no teu comentário! :)

      Beijinhos Marianos, Rogério! :)

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Às vezes é melhor que se mova mesmo...

      Beijinhos Marianos, MA! :)

      Eliminar
  4. Ai que frio, mesmo! E que combinação, mais uma vez, Maria!
    Que bom voltar a ouvir Enigma!
    Beijinhos! :-)
    Susana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Soprou um vento gélido no quarto desses dois.
      (obrigada)

      Beijinhos Marianos, Susana! :)

      Eliminar
  5. Maria, não me parece que o frio interfira por aqui. Senti-me francamente aconchegada. :)

    Kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Aqui é um lugar com lareira acesa nos dias frios! :)

      Beijinhos Marianos, Vénus! :)

      Eliminar
  6. Como somos voláteis...Ou como pequenos nadas nos servem para anunciar grandes decisões
    Beijos, mas quentes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade!

      Tu trazes sempre o calor Algarvio! :)

      Beijinhos Marianos, Tio! :)

      Eliminar
  7. Sabe-me bem ler-te !... e a música dos Enigma cai bem aqui !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ricardo! :)

      Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar
  8. Pessoa directa, indirectamente! (não será por falta de aviso;))

    Beijinhos:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não será por falta de aviso, mesmo!

      Beijinhos Marianos, je suis...noir! :)

      Eliminar
  9. que bicho é aquele no parapeito?
    uma traça gigante?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um insecto gigante, é. Agora se é uma traça...

      Beijinhos Marianos, Catarina! :)

      Eliminar
    2. http://www.artvehicle.com/content/interviews/laura-wilson-2-quite-a-stranger-arent-you.jpg

      :)

      Eliminar
    3. gostas realmente?
      eu não gosto,
      quer dizer, vai-se a vêr e o bicho que parecia vivo é afinal um cinzeiro metálico... e os radiadores... só partilhei a imagem para ilustrar a conversa entre os dois aparelhos eléctricos :D pelo calor do humor :b

      Eliminar
  10. Amanhã ela já não estaria lá :) iria fazer frio de qualquer das formas :)

    Beijinho :)

    ResponderEliminar