terça-feira, fevereiro 18, 2014

Canibal



 (Gérard Uféras)

Come-o em pequenos pedaços. Pouco a pouco, até nada restar. Corta a carne com os dentes, rasgando-a com a fúria da paixão. Reduz os ossos a pó e bebe-o, à mistura com o sangue. 
Nunca mais estará só!


4 comentários:

  1. O Festim que se almeja!

    Beijo Maria :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Prova de amor total...

      Beijinhos Marianos, Eros! :)

      Eliminar
  2. Boa tarde,
    será uma festa perfeita? tem que ser comido devagar sem tempo ou sem pressa.
    Abraço
    ag

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mais devagar possível!

      Beijinhos Marianos, ag! :)

      Eliminar