sábado, fevereiro 15, 2014

Acordar

(Franziska Maderthaner)

Quentes, ainda, os lençóis. Sonhos interrompidos. Vermelho-sangue. Arco-íris, na humidade do suor.
Cantas-me uma canção de embalar?


15 comentários:

  1. Só sei canções de acordar...
    se servir, conta com meu cantar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como esta? :)
      https://www.youtube.com/watch?v=gtp0kdmdRAE

      Beijinhos Marianos, Rogério! :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Muito doce, a Corinne! Obrigada! :)


      Beijinhos Marianos, Ricardo! :)

      Eliminar
  3. Gosto muito da imagem e da m´suica... e, claro, do final do pensamento-poema :)

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. E que tal arranjares quem cante por ti? ;)

      Beijinhos Marianos, Nada-Tudo! :)

      Eliminar
  5. Maria, há um enorme arco-íris nas tuas palavras, entre o embalar e o acordar. Deixei-me embalar! Bom fim de semana! :)

    Kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que fui capaz de te fazer chegar essa imagem! :)))

      Beijinhos Marianos, Vénus, e boa semana! :)

      Eliminar
  6. Que venha o sonho, embalar o coração,
    Que venha a estrada sem fim, a emoção,
    Que venha o tudo ou o nada.

    Mas que não fique assim, sereno como um cais,
    Mas seja o fogo, o segredo,
    De um amor que não aconteceu por medo,
    De ser feliz demais...

    Oscar de Jesus Klemz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Legionário, andas um romântico! :)

      Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar
  7. Não tenho voz, por isso pedi a outro(s) que o faça(m) por mim.
    Vai lá espreitar e confirma.
    :)
    Bons sonhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fui e gostei! :)))

      Beijinhos Marianos, Rui! :)

      Eliminar