sábado, junho 04, 2016

Na noite de ar sereno


(Marc Chagall)



Poem for my love

How do we come to be here next to each other
in the night
Where are the stars that show us to our love
inevitable
Outside the leaves flame usual in darkness
and the rain
falls cool and blessed on the holy flesh
the black men waiting on the corner for
a womanly mirage
I am amazed by peace
It is this possibility of you
asleep
and breathing in the quiet air



June Jordan





Poema para o meu amor

Como é possível estarmos aqui lado a lado
na noite
Onde as estrelas nos desvendam o nosso amor
inevitável
Lá fora o costumeiro brilho das folhas na escuridão
e a chuva
cai fria e abençoada na carne sagrada
os homens negros à espera na esquina por
uma miragem feminina
Maravilho-me com a paz
É esta promessa de ti
adormecido
e respirando no ar sereno


June Jordan traduzida por Maria Eu

18 comentários:

  1. É só para deixar-te um beijinho e dizer-te que, entre viagens de trabalho por essa Europa fora, continuo (ainda que em silêncio) a andar por aqui...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela presença, Jorge. Que tudo te corra pelo melhor!

      Beijinhos :)

      Eliminar
  2. À pele da noite é quando o poema é sonhado.
    BFS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes das primeiras sombras...

      Beijinhos, Agostinho :)

      Eliminar
  3. Beautiful poem.
    (I love Chagall.)
    Have a beautiful weekend.
    xo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chagall is extraordinary in his idilic and colourful paintings.

      Kisses, Rick :)

      Eliminar
  4. Amar é um refazer-se e reinventar constante, é sabermos dizer o que sabemos sentir.
    Amar é a insustentável leveza do ser;)

    Bom fim-de-semana Maria, pois eu vou estar alguns dias entre o mar de Esposende e Caminha :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aproveita bem esse mar e o sol que tem brilhado, Legionário.

      Beijinhos :)

      Eliminar
  5. A noite guarda as palavras mais doces e um amor. :)

    Um bonito poema, e a pintura apaixonante. Quase quis roubar o violoncelo azul para mim. :)

    Um beijo nesse teu coração. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leva o violoncelo! Mereces! Acho que Chagall gostaria. :)

      Beijo, doce Castiel :)

      Eliminar
  6. ~~~
    Quão doce e emocionante é receber um poema de amor!

    A pintura de Chagal combinou muito bem com o belo poema.

    ~~~ Beijinhos, ME. ~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chagall combina com amor, não achas?

      Beijos, Majo :)

      Eliminar
  7. Há poemas irrepreensíveis

    Até porque nos falta o saber
    para os poder repreender
    Até porque...

    ResponderEliminar
  8. São tão bons os momentos de amor sereno. :)

    ResponderEliminar
  9. O amor em pleno, como deveria ser sempre ;)

    bjn amg

    ResponderEliminar