segunda-feira, junho 20, 2016

Confissão de uma paciente em estado crítico

(Paula Rego)

- De quando em vez, dói-me a alma, doutor. 
- E o corpo, Ana? O corpo é que eu tenho que tratar!
- O corpo? O corpo está doente porque me dói a alma.



29 comentários:

  1. Lembrou-me o que foi noticiado como tendo sido pela vítima adolescente da violação em grupo no Brasil, que não lhe doía o corpo, mas a alma.

    ResponderEliminar
  2. É verdade Maria, por vezes a alma dói, bjs amiga

    ResponderEliminar
  3. Nada tão certo!
    (gosto tanto de Paula Rego)

    beijinho

    ResponderEliminar
  4. Como a compreendo !

    Excelente escolha da pintura e da música.

    beijinhop

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos somos Ana, de quando em vez.
      Obrigada, Fê!

      Beijos :)

      Eliminar
  5. Quantas e quantas vezes isso nos acontece.... E quando nos dói a alma, são dores insuportáveis por vezes. Beijinho Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São das mais fundas, essas dores.

      Beijos, GM :)

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Parece-me honesta, a Ana.

      Beijos, Graça :)

      Eliminar
  7. A pior e mais complicada de todas as dores.
    E que provoca todas as outras dores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem remédios eficazes a prescrever.

      Beijinhos, Pedro :)

      Eliminar
  8. Belo post....
    Quando a alma dói, o corpo todo dói....
    Há médicos que dizem (por sermos seres integrais), que não há doenças no corpo... há doenças na alma!!!!!!!
    Bela reflexão Maria EU....
    Obrigado pelas visitas a meu blog!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O corpo reflecte as dores da alma.
      Obrigada, PDR.

      Beijinhos :)

      Eliminar
  9. Al_moço agora
    querer dissecar a unidade!?
    mania virtual
    i_material

    Bj, Maria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada de dissecar, verdade?

      Beijinhos, Agostinho :)

      Eliminar
  10. Por vezes dói-nos o corpo, dói-nos a alma,
    Buscamos conforto, e o "remédio" por vezes é de ter calma.

    Boa tarde, Maria :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E contar até 33? ;)

      Beijinhos, Legionário, e continuação de um bom São João :)

      Eliminar
  11. ~~~
    Males psicofisiológicos, para os quais raramente não há

    outro remédio, senão o tempo.

    ~~~ Beijinhos, ME. ~~~
    ~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há que adoeça do corpo por males da alma.

      Beijos, Majo :)

      Eliminar
  12. (Paula Rego é minha irmã)

    Te digo
    quem me disse
    em último suspiro
    sabes?
    a alma nunca me doeu
    o corpo é que me morreu
    há tanto
    que já nem me lembro quando

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas tu andas às avessas, por vezes. Umas avessas boas, claro!

      Beijinhos, Rogério :)

      Eliminar
  13. Corpo e alma são uma só nota - um SOL(fejo) de emoções...

    Um beijinho, Maria :)

    ResponderEliminar