quarta-feira, julho 20, 2016

Visão

(Man Ray)


vê-o com a ponta dos dedos
sabe desenhá-lo de olhos fechados



18 comentários:

  1. Só aos olhos que há na mente é permitido esse prodígio.
    Bj.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há prodígios inexplicáveis.

      Beijinhos, Agostinho :)

      Eliminar
  2. nada como o poder da mente e a ponta dos dedos para sensações sensoriais :)
    beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, as pontas dos dedos!!!

      Beijinhos, Urso Misha :)

      Eliminar
  3. Maria, o amor é cego...por isso temos desenvolvido bastante o sentido do tacto;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De olhos fechados o amor também vê.


      Beijinhos, Legionário :)

      Eliminar
  4. Sensações que não estão ao alcance de todos.

    ResponderEliminar
  5. "O essencial é invisível aos olhos"!!!
    Preciso dizer que adoro vir aqui????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico feliz que gostes, PDR. :)

      Beijinhos :)

      Eliminar
  6. ~~
    Shakespeare afirmou que o amor não se observa com os olhos, mas com o espírito.
    É por isso, que os cegos também se apaixonam.
    Beijinho.
    ~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Shakespeare era sábio nessas coisas do amor.

      Beijos, Majo :)

      Eliminar
  7. a minha voz persegue o que os meus olhos não alcançam.
    sigo o som da musica e vejo desertos
    e um amor que não se acaba nem com a morte

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amor intenso, avassalador...

      Beijinhos, Tristan :)

      Eliminar