sexta-feira, agosto 15, 2014

Do meu dia




Hoje esteve vento, sabes? Um céu muito azul a reflectir-se na água e a relva particularmente verde, destes dias que mais pareceram de Outono, deixaram-me espaço para poder sentar-me na espreguiçadeira e, imagina, procurar a sombra daquele pinheiro manso que cresceu desmesuradamente no canto direito do jardim para ler o livro que me deste. Também se ouviram pássaros: pardais comuns, um gaio atrevido (veio bem pertinho debicar algo que me pareceu um insecto) e as rolas que sempre me visitam, pousando em arrulhos no local mais prosaico de todos, o fio de electricidade que liga dois postes da EDP. 


Ah, é verdade! Quase me esquecia de dizer-te que aquelas flores meio estranhas e exóticas já são fruto, no seu lugar pendem maracujás. E a vinha... a vinha está exuberante, prenha de uvas brancas, ainda ligeiramente amargas mas prometendo a doçura de que gostas. 

10 comentários:

  1. Ao ler este seu Post Maria, mais vontade tenho eu de deixar o trabalho e ir correndo para o ar puro.
    Mas paciência..., sempre foi uma lufada de ar fresco:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se contribuí para amenizar a dureza do trabalho, fico feliz! :)

      Beijinhos Marianos, Legionário, e bom fim de semana! Desta vez vais ter bom tempo para ir à praia mais bonita do Norte e arredores! ;)

      Eliminar
  2. Boas férias miúda. E sabe tão bem ler-te... escreves mesmo bem.

    Beijo*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, AC!

      Beijinhos Marianos solarengos! :)

      Eliminar
  3. Acho mal, estragar as uvas como sobremesa!!!
    "Quando um dia a água acabar... da uva se faz o vinho!" :)

    Beijinhosssssssssssssssss*****************************************

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas eu só falei de doçura, não disse que eram para a sobremesa! ;)

      Beijinhos Marianos, miúdo! :)

      Eliminar
  4. Se calhar é do raio de sol que ilumina aquelas ali no meio, mas parecem maduras, prontas para serem comidas, se calhar directamente da videira, breve passagem pelas mãos para limpar algum pó, água para quê?, e ala que assim é que sabem bem.

    Boa tarde, Maria, boas férias :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gostas de uvas colhidas directamente da videira, Xil? São boas! Sabem a infância!

      Beijinhos Marianos, e obrigada! Bom fim de semana para ti! :)

      Eliminar
  5. Respostas
    1. A mim, tudo engorda! :P

      Beijinhos Marianos, Til! :)

      Eliminar