domingo, julho 20, 2014

História de amor

(Snu Abecassis e Sá Carneiro,  da fotogaleria de Sábado)

Há histórias de amor que ultrapassam os amantes. Ultrapassam, até, a morte dos amantes.



10 comentários:

  1. Nesse dia do amigo.
    Sinta - se abraçado (da)por mim.
    Eu ainda não consegui decifrar..
    Porque pessoas que amamos vão embora
    sem ser possível dete-las.
    E também não conseguimos tira-las
    do nosso coração.
    Meu abraço nesse dia e por todos os outros dias
    da minha vida.
    Fique com Deus.
    A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
    duram uma eternidade.
    Amigos Para Sempre.
    Evanir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Evanir! Um abraço para si também! :)

      Eliminar
  2. E ainda bem, querida Maria! Eu até duvido que quem ama morra.
    Beijinhos, boa semana! :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não deve morrer, seja o amor verdadeiro. :)

      Beijinhos Marianos e uma excelente semana, Susaninha!

      Eliminar
  3. Respostas
    1. :))))

      És um poeta, Rogério!

      Beijinhos Marianos! :)

      Eliminar
  4. "Levar-te à boca, beber a água mais funda do teu ser - se a luz é tanta, como se pode morrer?"
    Eugénio de Andrade

    Se a luz é tanta!

    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que nos cegue! Ainda que depois nunca mais consigamos ver?

      Beijinhos Marianos, Lídia! :)

      Eliminar
  5. O amor ultrapassa o corpo! :))
    Beijinhos Maria :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Trespassa-o, também...

      Beijinhos Marianos, I! :)

      Eliminar