segunda-feira, janeiro 22, 2018

Há sempre uma lua


(Paulina Otylie Surys)

There's always a moon



The grey grey sky

against the moon
sits in rags of
clouds



The rags of

clouds
sit against the sky
under the  moon



Is there a moon

in the grey grey sky?



There is always

a moon in the sky
despite the grey.

Maria Eu


20 comentários:

  1. Prefiro The Stranglers e There's Always the Sun

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas Dvořák é maravilhoso, Pedro, embora eu goste dos The Stranglers.

      Beijinhos :)

      Eliminar
  2. Passando a fim de deixar cumprimentos
    .
    Soneto: * Amor ... ou castigo do coração? *
    .
    Desejando um dia muito feliz
    .

    ResponderEliminar
  3. Há sempre uma lua e um sol para a iluminar :)
    Beijos Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é muito bom sabermos isso!

      Beijinhos, Legionário :)

      Eliminar
  4. Maria Eu.....
    Em primeiro lugar, um agradecimento especial pela tua presença em meu blog...
    Obrigado de coração pela visita...

    O poema é uma linda cadeia de versos que se repetem por inverso .... e respondo:
    Há sim, sempre uma lua, seja em trapos de nuvens, seja em olhares de apaixonados... sempre em cima de corações apaixonados.
    Beijos doces!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A lua, real ou metafórica, tem esse lado romântico.

      Beijinhos, PDR :)

      Eliminar
  5. Gostei e desta vez respondo-te com música ... https://www.youtube.com/watch?v=FGC0lfjC4Iw

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adoro Pat Metheny! Obrigada!

      Beijinhos, Ricardo :)

      Eliminar
  6. Belo poema! Gostei. Retribuo com uma relíquia...

    https://youtu.be/P4xNF9uh8SA :)))

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto tanto destas relíquias! Obrigada!

      Beijos, Graça :)

      Eliminar
  7. "O Eterno Espanto
    Que haverá com a lua que sempre que a gente a olha é com o súbito espanto da primeira vez?"
    Mário Quintana

    Olá, Maria:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lua, feiticeira Lua!

      Beijinhos, Legionário :)

      Eliminar
  8. Não há quem resista aos encantamentos da lua. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez porque tem aquele lado misterioso e romântico que os poetas cantam!

      Beijos, Luísa :)

      Eliminar