quarta-feira, abril 18, 2018

Enquanto for o tempo

(Dorina Costras)


Vive o amor com sofreguidão. Pega-lhe com ambas as mãos, olha-o de frente, bem no fundo dos olhos, beija-o na boca e deixa-te ficar enquanto for o tempo dele. 


16 comentários:

  1. Dizes bem, amiga ! Viver o AMOR com sofreguidão, agarrá-lo com ambas as mãos, beijá-lo "na boca" e não o largar nunca !
    O AMOR, tenha ele a forma que tiver, seja nele envolvido seja como ou por quem for, vale isso mesmo ! É “O Sentimento" de eleição, o mais nobre e grato, que tudo, mas mesmo tudo, nos merece !
    A canção, linda, linda, divinal !!!

    ResponderEliminar
  2. Em suma, é vivê-lo intensamente como só ele o pode ser. Intento, profundo :)
    Bjinho Maria

    ResponderEliminar
  3. Sempre achei a sofreguidão
    algo excessivo, de paixão

    o amor é mais que isso
    o amor é...

    ResponderEliminar
  4. É sempre tempo de viver intensamente um grande amor.

    ResponderEliminar
  5. Viver intensamente é sempre necessário!
    Beijinhos,
    https://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  6. Muito bom :))

    Hoje:- O que a alma quer dizer.

    Bjos
    Votos de uma Óptima Quinta-feira

    ResponderEliminar
  7. Viver em plenitude é amar intensamente. A intensidade do amor faz a qualidade da vida.

    Bom dia, Maria:)

    ResponderEliminar
  8. Enquanto for e houver tempo! Maria,
    O amor escorre-nos por entre os dedos das mãos
    sem que se sinta com(o) o tempo que é ladráo.
    Mas há um tempo que não se sabe isso, não...

    Bj.

    ResponderEliminar
  9. Não estou habituado a ver desse ponto de vista. Não estou a ver como uma corrida de cem metros em que os mais rápidos atletas nem sabiam se nos 9 segundos chegavam a respirar. Vejo mais como uma corrida de longa distância em que o passo muda, o corpo chega ao limite e depois encontra o descanso no próprio cansaço com as endorfinas. Mas percebo que o tempo do amor chamado paixão assim é. E percebo que a intensidade do que propões é o fazer hoje sem deixar para depois.

    ResponderEliminar
  10. Mais não disse nem tal seria necessário. Amem-se.
    .
    * Criança brincando ... em interno lamento. *
    .
    Cumprimentos poéticos.

    ResponderEliminar
  11. fiquei enlevado pelo texto e ia tentar dizer qualquer coisa de jeito,
    mas o ali Gil António deu cabo de mim

    Beija-me a boca e chama-me Tarzan

    :D

    ResponderEliminar
  12. O Amor á para ser vivido intensamente, como refere.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar