segunda-feira, novembro 06, 2017

Como água para a tua boca


You are perfect for me

because you’re psychic
no one else could understand me
the way you

do and

I say
Drink Me

I say it to you silently
but it calls forth in me

the water for you
the water you asked for


(Rebecca Wolff)





Tu és perfeito para mim 

porque tu és adivinho 
ninguém mais me poderia entender 
da mesma forma que tu

me entendes e

eu digo 
Bebe-me

eu digo-to em silêncio 
mas dizê-lo invoca em mim

a água para ti 
a água tu pediste

(Rebecca Wolff - traduzida por Maria Eu)




22 comentários:

  1. Visitando e independente da sua publicação que li e muito respeito, venho solicitar que, caso queira, possamos fazer troca de linkes.
    .
    Linke seu blogue no meu. Gostaria que, caso seja possível, também linkar o meu no seu, na lista de blogues a visitar. Obrigado
    .
    Meu: https://brincandocomaspalavrass.blogspot.pt/
    .
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Foi amor à primeira vista, este poema.

      Beijo, S :)

      Eliminar
  3. Como água, reporta-me sempre a chocolate, de Laura Esquivel.
    “Como água para o chocolate da tua boca”, tradução livre e mental de LB :)
    Beijos, Maria Poesia

    ResponderEliminar
  4. Quando se ama
    todas as sedes se saciam

    a sede provocada
    pela própria àgua,
    à flor da pele
    e da alma

    ResponderEliminar
  5. Belíssimo, Maria!
    A da vida suprema do amor
    "Tomai e bebei..."

    Maria, que tudo corra bem por aî.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A oferenda...

      Obrigada, Agostinho. Que estejas bem, também, é o que desejo.

      Beijinhos :)

      Eliminar
  6. Saciar a sede do desejo;)

    Bom dia, Maria:))

    ResponderEliminar
  7. Uma questão de beber com a alma
    o encontro que já se adivinhava...
    Amei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com vontade de fazê-lo até à última gota...

      Beijos, KK :)

      Eliminar
  8. Bebe-me, mas sou água ou sou veneno?
    notas-poeticas.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Fiz a mesma associação da Linda Blue. :) E para além de gostar do romance da Laura Esquível, fiquei a gostar deste poema. Um poema que ameniza a sede de poesia.

    ResponderEliminar