terça-feira, outubro 06, 2020

Parcimónia


Geria a sua vida com parcimónia. Cérebro com coração subordinado, dias a compasso certo, guarda roupa alinhado e discreto, olhar contido.

Um dia, comprou um par de botas vermelhas.



(Pamela Sienna)

Parcimónia? Definam parcimónia!


9 comentários:

  1. "Foi ao espelho e, se fez bonita
    Foi ao velho baú e se fez vaidosa
    Foi ao fundo de si e se fez mulher." Mia Couto

    ResponderEliminar
  2. Parcimónia é viver como se houvesse amanhã.

    ResponderEliminar
  3. Parcimónia para mim é mais sobriedade !
    Não conhecia esta excelente versão da composição "These boots are made for walkin'" pela Maria de
    Medeiros, uma artista que não fica nada a dever ao enegnho e arte do Pai.
    Bonito post Maria!

    ResponderEliminar

  4. Parcimónia??
    Moderação... recato...

    A Maria de Medeiros não tem lá grande voz... mas como boa actriz que é, deu-nos uma excelente performance!
    (ah, sim... e continua muito sensual!)

    Beijinhos na cor dos teus lábios
    (^^)

    ResponderEliminar
  5. No guarda-fatos as cruzetas, perfiladas (convém esclarecer), uma por cada dia, sem baralhação.
    O pior é os dias mudarem de feição, não se conformarem com a meteorologia dos catorze, por onde ela se guia.
    Nas era avisada pela reserva da cor vermelha com que tentava às portas do céu.
    Maria, beijo.

    ResponderEliminar
  6. As botas vermelhas ficam ainda melhor a uma mulher que desafia a poupança e a sobriedade.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar