terça-feira, junho 12, 2018

Torradas com chá de rooibos


(Jean Metzinger )

Sabia que o frio entrava sempre que a porta verde se abria, a cada cliente que entrava em busca de um café ou de um chá que lhes revigorasse a alma ou quando se arrastavam, a custo, para a rua envolta em bruma molhada de chuva. Não se importava com o arrepio que a sacudia e trocava o calor macio das mesas mais protegidas pelas recordações que aquela lhe trazia. Por isso, os olhos perdiam-se-lhe num ponto distante no espaço e se lhe abriam os lábios num sorriso luminoso enquanto comia uma torrada dourada acompanhada por um chá de rooibos.


10 comentários:

  1. já mandei a chuva caminhar ligeira para outras bandas... nã me digas que a desgraçada ainda anda por ai?!

    ResponderEliminar
  2. O tempo já vai acalmar:)) Bonito texto :))

    Hoje: -Careço das tuas palavras de conforto .

    Bjos
    Votos de uma óptima Noite.

    ResponderEliminar
  3. Love the painting.
    Alas, the Sarah Vaughan wouldn't play here
    in the states.
    Love what you select, especially when they arrive.
    Kisses.
    xxx

    ResponderEliminar
  4. A pintura, as palavras, a música.
    Dificilmente poderia ser melhor.

    ResponderEliminar
  5. Gostei de a ler. E também gosto do chá rooibos.
    A pintura e a música são excelentes.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  6. Hola et paso el blog si vols criticar gracies.

    http://anna-historias.blogspot.com/?m=1.

    ResponderEliminar
  7. Adoro ler-te pelo tom
    pela forma como lidas com
    as palavras as emoções
    como saras golpes
    cruéis sortes de consoantes
    como abafas ais
    como te opões
    com o redondo das vogais

    Até o verde pode ser frio
    mesmo no refúgio do chá
    Vá lá, vá lá que os rooibos...
    Será que a Sarah não se importa
    da cor da p****?

    Bj

    ResponderEliminar
  8. Torradas e chá de rooibos vermelhos... faz-me lembrar algo! :))
    E este «Misty»... som bom para me embalar até me entregar no braços de Morfeu.

    Beijos com saudades
    (^^)

    ResponderEliminar
  9. O grande benefício deste chá é o facto de não ter quaisquer contra indicações. Podem beber-se quantidades infinitas de rooibos sem que cause qualquer problema. Isto deve-se ao facto da infusão não ter cafeína, nem taninos nem alcaloides de nenhum tipo.

    E este teu Post Maria, também teve um grande benefício para o meu bem estar desta tarde:))

    ResponderEliminar